← Back to portfolio

Assistindo Você | Romance

Published on

Até quando sua lista da netflix conta uma história?

O celular notificou uma nova mensagem.

“Ju, faz um tempo que eu e Greg terminamos. Eu tô sem Netflix por causa da conta conjunta. Você não quer dividir?”
Ju ticou o espaço por um tempo. A conta que usava estava dividida com a mãe e o irmão, mas vivia ouvindo eles reclamando que o pai e uma tia assistiam coisas na conta deles e bagunçavam tudo.

 — Ah, eles podem pagar a conta família e criar quatro perfis. Eu vou sair dessa bagunça.

“Agora! No seu cartão ou no meu?”
“Pode colocar no meu, você me deposita metade depois. Ou de dois em dois meses, o que ficar melhor.”
E assim fizeram.

Ju e Caio se conheceram na faculdade de administração. Ele trancou o curso e transferiu para marketing e propaganda, ainda sem saber se era o curso certo. Ela também não sabia, mas conseguia suportar as aulas.

Eles ainda se encontravam na lanchonete, entre as aulas e no último horário das sextas, a hora maldita de todas as aulas insuportáveis. Entre um café que deixava resto de pó no copo e os pãezinhos que ela sempre levava, feitos pela avó, eles conversavam sobre o que andavam assistindo, sobre professores e sobre café.

 — Você viu aquele dos robôs?

 — Mais ou menos, a premissa era boa mas eu assisti um episódio, gostei, assisti outro e odiei. Aí parei de assistir.

 — Hmm, sei…
Caio murchou um pouco. Não tinha assistido mais nada na semana. E até concordou com ela internamente.

 — Tá assistindo The Good place? — disse Ju enquanto roubava um pouco do café dele.
 — Tô sim, ainda é hilária a segunda temporada. Aliás, qual é aquela série que você queria me indicar?

 — Nem lembro, falei isso tem meses! Mas acho que ainda tá na “minha lista”, dá uma olhada lá. É um que tem cara de série velha, tem quatro moças de mãos dadas na capa. Se passa no meio da segunda guerra e tal, bem emocionante.

Era mais de meia noite quando chegou mensagem no celular de Caio. Ele levantou sonolento apertando os olhos por causa da luz do aparelho.
“Você assistiu série no meu perfil?”
Caio conferiu o aplicativo no celular, tinha assistido os episódios novos de Drag Race na conta dela.
“Foi mal Ju, deixei aberto na sua conta da ultima vez e nem vi.”
“Que bosta! Eu ia te chamar pra assistir? Queria maratonar!”
“Agora?!”
“Não, né?! Ia combinar no final de semana.”
“Aliás, Ju, cê tá bem? Eu vi que você assistiu Mamma Mia? Você não assiste aquilo só quando tá triste?
“Ah, Caio. Não enche!”

Caio voltou a dormir sem entender nada. Ju foi assistir mais um episódio de uma outra série, chateada. Ela não estava triste, também assistia Mamma Mia quando estava feliz. Não deviam fazer três dias que tinha comentado isso com ele no intervalo das aulas.

No outro dia Ju viu de longe o cabelo crespo esvoaçante de Caio vindo na sua direção. Ela acenou e esperou ele pegar um salgado e um refrigerante na lanchonete.

— Ei Caio! O que achou da série que te indiquei?
 — Hm? Ah… é! Eu ainda não assisti, acabei assistindo outra série que tava na sua lista. Aquela do cara que gosta da amiga, Bônus Book… alguma coisa.
 — Você não assistiu na minha conta não, né? Eu não tinha assistido todos os episódios que saíram.

Caio gelou por um segundo. Destravou o celular e abriu o aplicativo para conferir.
 — Ah m*rda! Desculpa Ju…
Ju deu um suspiro e levantou as sobrancelhas.
 — Deixa. Eu Descubro onde parei.

Naquela mesma noite Ju recebeu uma mensagem de Caio. Estava ficando muito recorrente naquela semana. Se falavam na faculdade e no celular todo dia.
“Sabe… Nós podemos assistir aquela série juntos. A do cara que gosta da amiga… Ou você pode se vingar e assistir algo na minha conta.”
“Boa idéia! Vou assistir um monte de coisas românticas na sua conta então! haha”
“Não, não! Não foi isso que eu quis dizer.”

Ju não se aguentou, abriu o aplicativo e foi realizar sua “vingança”. Mas foi com bastante surpresa que admirou a lista de “Continuar assistindo”. Além de Romance is a Bonus Book, Caio tinha assistido Megarromântico e Para todos Garotos que amei. Títulos um pouco distantes do seu gosto de séries de investigação. Mas todos tinham algo em comum. Ju tinha assistido todos esses naquela mesma semana. Ela foi pro sofá, ligou a TV no aplicativo da Netflix e tirou uma foto com o perfil dele aberto. Ju tinha entendido o recado e enviou a foto pra ele.

“Quer assistir filme aqui em casa na sexta depois das aulas? Pelo menos assim você não assiste coisas com meu perfil, a gente assiste juntos.” Um emoji de coração acompanhou a mensagem.

___________________________________________________________________

Nota da Autora: Romance nos tempos da Netflix ou uma paródia contemporânea de “O lixo” de Luís Fernando Veríssimo.
Afinal, eu tinha que tentar escrever um romance um dia.

0 Comments Add a Comment?

Add a comment
You can use markdown for links, quotes, bold, italics and lists. View a guide to Markdown
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply. You will need to verify your email to approve this comment. All comments are subject to moderation.
Close